DISQUE DENÚNCIA:    99973-1177 | 2253-1177    pactocontraviolencia@niteroi.rj.gov.br

Luisa V. Assumpção é gerente da Rede Mediar, Advogada e Mediadora de Conflitos

Iniciamos 2021. Junto a este ano, temos a expectativa da vacina da Covid-19 e com ela, de dias melhores.

Em Niterói, os encaminhamentos para essa melhoria já estão ocorrendo antes mesmo deste novo ano: planejamento, escuta da sociedade civil, de equipes técnicas, diálogo, prevenção, ação e investimentos financeiros.

O protagonismo para sermos uma cidade mais sustentável e pacífica também faz parte do percurso. Neste âmbito, temos o Pacto Niterói Contra Violência: o Plano Municipal de Segurança focado nas ações de prevenção através de uma nova cultura nas relações: a Cultura da Paz.

O Desatando Nós, ação da Rede Mediar, é uma das ações inovadoras. Há oito meses, foi lançado como maneira de diálogo continuado com a sociedade civil em meio à pandemia. Foram, ao todo, 25 (vinte e cinco) textos publicados em 2020. Muitas colaboradoras e colaboradores. Entre eles, mediadores de conflitos, facilitadores em justiça restaurativa, facilitadores da comunicação não-violenta, advogados colaborativos, professores, pedagogas(os). Em sua maioria, foram colaboradores niteroienses.

Tivemos textos sobre mediação comunitária, mediações empresariais, mediação no sistema de saúde, comunicação não-violenta na criação de filhos, convivência e conflitos, relações parentais, mediação escolar na educação antirracista e anticapacitista, mediação e equipes de trabalho, autoconhecimento na gestão de conflitos, justiça restaurativa, entre outros.

Por acreditar que a mudança vem da força interna e da integração realizada entre Prefeitura e sociedade civil em seu sentido mais amplo, como temos feito com Lideranças Comunitárias, Lideranças Religiosas, Tribunal de Justiça, OAB, Organizações da Sociedade Civil, Empresas e tantas Instituições, em 2021, o DesatandoNós continuará este caminho. Divulgando e fortalecendo ações que já estão construindo a Cultura de Paz em nossa Niterói. Teremos também textos produzidos por equipes de nossa administração pública que trabalham com essas novas lentes[1] ao olhar ao mundo e construir políticas públicas inovadoras e que fazem a diferença no cuidado com cada pessoa.

A você que nos acompanha, nossa gratidão e o desejo de que em 2021 possamos avançar nas práticas de construção das políticas públicas que fortaleçam nossos vínculos e a nossa convivência.

[1] ZEHR, Howard . Trocando as Lentes: um novo foco sobre o crime e a justiça. Tradução de Tônia Van Acker. São Paulo: Palas Athena, 2008.

Luisa Vianna Assumpção é gerente da Rede Mediar, Idealizadora do Programa Desatando Nós, Advogada (UFF, 2018), Mediadora de Conflitos (Equilibre,2019), Pós-graduanda de Mediação de Conflitos com Ênfase em Família na AVM/UCAM. Cursos de extensão em Mediação Escolar pela Universidade Lusófona do Porto (2019) e pela APEP – Buenos Aires/ALGI/SOMEC (2018).  

**Às terças-feiras publicamos um texto de um (a) convidado (a) sobre mediação de conflitos.

 

.